A prole do bebê

Heitor Villa-Lobos nasceu no dia 05 de Março de 1887 na cidade do Rio de Janeiro, e faleceu na mesma cidade no ano de 1959. O artista alcançou grande sucesso ainda em vida e chegou a ser considerado “o maior orquestrador de sua época” pelo respeitado compositor francês Olivier Messiaen (1908-1992).

O Museu Villa-Lobos no Rio de Janeiro mantém um site bem completo. Lá encontramos muitas informações confiáveis sobre a vida e a obra deste importante compositor brasileiro. Clique aqui para acessar o site.

A Prole do Bebê – que está completa em nossa Playlist no Spotify – é uma coleção composta originalmente para piano. A obra foi composta em três volumes. O volume conhecido como Série 1 foi composto em 1918 e executado pela primeira vez em 1922 por Arthur Rubenstein no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A Série 2 foi composta em 1921. A Terceira Série foi composta em 1916 e infelizmente foi perdida.

Villa-Lobos utilizou com muita propriedade elementos folclóricos do imaginário infantil brasileiro em todas as obras das Séries. Portanto, tais músicas são uma ótima maneira de começar a apresentar aos pequenos a obra do maior compositor brasileiro de todos os tempos.

A lista da Prole do Bebê:

Série 1: As Bonecas

  1. Branquinha (A boneca de louça)

  2. Moreninha (A boneca de massa)

  3. Caboclinha (A boneca de barro)

  4. Mulatinha (A boneca de borracha)

  5. Negrinha (A boneca de pau)

  6. A pobrezinha (A boneca de trapo)

  7. O polichinelo

  8. A bruxa (A boneca de pano)

Série 2: Os Binchinhos

  1. A baratinha de papel

  2. A gatinha de papelão

  3. O camundongo de massa

  4. O cachorrinho de borracha

  5. O cavalinho de pau

  6. O boizinho de chumbo

  7. O passarinho de pano

  8. O ursinho de algodão

  9. O lobozinho de vidro

Série 3: Esportes (perdida)

  1. Diabolô

  2. Bilboquê

  3. Peteca

  4. Pião

  5. Futebol

  6. Jogo de bolas

  7. Soldado de chumbo

  8. Capoeiragem

#Compositores #villalobos

0 visualização